Audiência ouvirá 26 testemunhas do caso dos canibais de Garanhuns

Views:
19

 Será realizada nesta quinta-feira (29) a audiência de instrução do processo do trio conhecido como canibais de Garanhuns, no Agreste de
Pernambuco. Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, Izabel Cristina Torreão Pires e Bruna Cristina Oliveira da Silva estão sendo julgados pelos assassinatos de Giselly Helena da Silva, 31 anos, e Alexandra Falcão da Silva, 20 anos, ocorridos no ano de 2012. A audiência começa às 9h.

Vítimas foram mortas em Garanhuns Vítimas foram mortas em Garanhuns Foto: JC Imagem.

Na audiência desta quinta, serão ouvidas inicialmente as 26 testemunhas que foram arroladas pelo representante do Ministério Público, o promotor de Justiça Jorge Gonçalves Dantas Júnior. Posteriormente serão ouvidas as testemunhas de defesa que houver. Após os depoimentos das  testemunhas, os acusados serão interrogados. Ao final dos depoimentos, o promotor de Justiça ou os advogados de defesa poderão requerer diligências.  Após a fase de audiências de instrução e julgamento, sem prazo para a conclusão, a Justiça definirá se os réus passarão por júri popular na Comarca de Garanhuns.

Jorge Beltrão, Izabel e Bruna estão presos desde abril de 2012. O trio revelou que participava de uma seita chamada Cartel, que tinha por objetivo purificar o mundo e realizar o controle populacional eliminando mulheres. De acordo com as investigações, Jorge Beltrão detalhou, em uma espécie de diário macabro, os crimes que praticava com as vítimas. Para realizar os homicídios, esquartejar e até comer partes dos corpos das vitimas, Jorge contou com a parceria da ex-mulher, Isabel Cristina, e a lealdade da amante, Bruna.  

Em 2014, o trio foi julgado e condenado por, no ano de 2008, assassinado, esquartejado e comido também a carne do corpo da adolescente de 17 anos Jéssica Camila da Silva Pereira. O fato ocorreu na residência onde os mesmos residiam na época, no bairro de Rio Doce, em Olinda.

Em Garanhuns, esta quinta, o salão de júri será aberto à imprensa, bem como a população, sendo respeitada a ordem de chegada, e a sua lotação máxima. Devido ao caso ter tido repercussão mundial, é esperado um grande número de profissionais de imprensa, estudante  de direito, profissionais da área de justiça, bem como dos mais diversos seguimentos da sociedade.

Para garantir a ordem e a segurança no local, a  direção do Fórum Ministro Eraldo Gueiros Leite, já solicitou reforço policial. Não há previsão para duração da audiência.

Uol

Você poderá gostar também
Share

Paulo Gustavo

Um carente, que gosta de curiosidades e terror se for mais bizarro o assunto melhor ainda. Me interesso por temais polêmicos. Não tenho religião nem sou ateu, pois acredito num Deus sobrenatural. Tem dois sites o www.blogpaulogustavo.com.br e o megaestranho.com

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *